Estrutura do Algoritmo

Quando trabalhamos com a construção de um algoritmo, devemos seguir uma ordem predeterminada. A construção de um algoritmo segue a seguinte ordem:

  1. Nome do programa
  2. Inclusão das bibiliotecas utilizadas
  3. Declaração das variáveis globais
  4. Criação dos procedimentos e funções
  5. Indicador do início do programa (Begin)
  6. Código principal
  7. Indicador de fim do programa (End.)

Existem certas regras que devem ser seguidas ao se criar um algoritmo. Essas regras vão desde a sintaxe dos comandos até a ordenação dos mesmos. A seguir aprenderemos como deve ser a estrutura básica de um algoritmo desde a primeira até a ultima linha.

Abaixo temos um exemplo da estrutura básica de um algoritmo feito em pascal (Figura 1), onde as linhas iniciadas por "//" são comentários especcificando o que deve ser feito em cada área, e não serão consideradas na hora de compilar o programa.

Figura 1:

Como visto na figura 1, um algoritmo escrito utilizando a linguagem pascal, deve sempre iniciar com a palavra-chave "PROGRAM" seguida do
nome do programa e ponto-e vírgula (;), e terminar com a palavra-chave "END" seguida de "." seguindo as seguintes regras:

  1. O nome do programa deve iniciar sempre por letras e não deve conter caracteres especias como vírgula(,), ponto(.) e etc, à exceção de sobrelinha(_).

  2. Em parte alguma do código do programa pode-se utilizar acentos ou "Ç", exceto nos comentários.

  3. A mesma regra do nome do programa se aplica aos nomes de variáveis. Também não devemos utilizar palavras-chave da linguagem para darmos nome às variáveis.

  4. Embora não seja regra, não é bom darmos nomes iguais para variáveis globais e locais.

  5. Todas as linhas de comando, salvo algumas exceções que veremos mais à frente, devem terminar com ponto-e-vírgula (;).